Se meu Fusca Nadasse e outras HISTÓRIAS DE CARROS

De Gugawiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
S06E27
Gugacast 1060x596 s06e27.jpg
Ficha Técnica
Data de Lançamento 20/07/2021
Duração 1:16:31
Editor Roberto Oksman de Aragão
Numeração Original S06E27
Temporada Season 6
Participantes Gustavo Mafra
Rafael Mafra
Cronologia Gugacast
S06E26

Anterior

S06E28

Próximo

Carretos, carrinhos, carrões, nós gostamos carros de todos as formas e tipos! Hoje tem rolê no Rio, tem desventuras na estrada e claro que tem um fusca!

Resumo do Episódio

Ato 1: Jogo: Versailles São como Monzas. Possui vinheta nova.
Ato 2: E-mails dos ouvintes.
Ato 3: Análise da letra da música Primeiros Erros (Chove), do Kiko Zambianchi.
Ato 4: E-mails dos ouvintes.

Bordões, Referências e Tropes

Curiosidades

  • O carro do Guga já parou no meio da subida do estacionamento do Shopping Metrô Santa Cruz, em São Paulo.

Histórias Contadas

Todos os títulos dos e-mails deste episódio são músicas cujos títulos possuem carros e cores.

  1. Mustang Cor de Sangue: Ouvinte Desconhecida, de Nova Iguaçu, fala da vez que foi de carro com sua família até Campos dos Goytacazes. Em um carro estavam seus avô, avó, mãe, tio, tia, duas primas e ela, além das malas, televisão, ventilador e carrinho de bebê; e em outro estavam seu tio-avô e poucas pessoas. Durante o caminho, descobrem que uma ponte havia sido levada pela chuva e todos os veículos teriam que passar por uma ponte de madeira provisória. Na estrada de barro, o carro, no qual ela estava, atola. Sem conseguirem resolver o problema, surge um caminhão que os reboca e, a viagem continuando, a gasolina chega ao fim.
  2. Camaro Amarelo: Leandro Alencar, de Recife, conta de quando ia de carro até Maceió. Viajando de noite, durante o trajeto, um pneu fura e eles param no acostamento já após a meia-noite. Como chovia muito, eles ligam o pisca-alerta e esperam meia hora antes de trocar o pneu, mas logo percebem que a bateria havia descarregado. Leandro então liga para o seguro, que diz que ninguém poderia ir ajudar eles; e ele chama um amigo para ir buscá-los. Uma hora depois, chega um carro das Forças Especiais do Sertão com fuzis apontados para eles, pensando que eram uma quadrilha da região. Nessa hora, seu amigo passa, os homens da Força veem que ele estava com sua esposa e filha no carro e vão embora. Leandro então faz uma chupeta e decide voltar para casa.
  3. Fuscão Preto: Jéssica Soares, de Contagem, fala da viagem que fez com seu fusca e três amigas. Ela havia sido convidada para tocar viola em um show em Conceição do Mato Dentro. Lá, ela se apresenta depois do grupo principal e toca logo depois da virada do ano. No manhã seguinte, as quatro decidem ir à cachoeira Rabo de Cavalo e, durante o caminho, o motor do carro faz barulhos estranhos, mas nada de sério acontece. De tarde, a caminho de Belo Horizonte, o carro começa a soltar uma fumaça escura e elas param no acostamento. Jéssica faz umas gambiarras e o carro volta a funcionar, mas para pouco depois. Um grupo de motoqueiros aparece e ajuda elas a seguir viagem. De volta a Conceição do Mato Dentro, ela pega uma correia com um mecânico e continuam a jornada. Ainda passam por horas de congestionamento, chuvas e um até um alagamento, mas chegam ao destino em segurança.

Este Episódio Marca

N/a.

Onde Escutar

Se meu Fusca Nadasse e outras HISTÓRIAS DE CARROS