O Cliente Nunca Tem Razão

De Gugawiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
S05E37
Gugacast 1060x596 s05e37.jpg
Ficha Técnica
Data de Lançamento 08/01/2020
Duração 1:09:06
Editor Roberto Oksman de Aragão
Numeração Original S05E37
Temporada Season 5
Participantes Gustavo Mafra
Rafael Mafra
Beatriz Fiorotto
Cronologia Gugacast
S05E36

Anterior

S05E38

Próximo

Puxamos de novo a Bia Fiorotto pra ler histórias conosco, dessa vez falando sobre clientes!. Hoje tem situações peculiares pela internet, tem situações peculiares na firma e tem situações peculiares na loja!

Resumo do Episódio

Ato 1: Jogo: Gugacast Contra a Humanidade.
Ato 2: E-mails dos ouvintes.

Bordões, Referências e Tropes

N/a.

Curiosidades

N/a.

Histórias Contadas

Todos os títulos dos e-mails deste episódio são nomes de músicas do Djavan.

  1. Lambada de Serpente: Ouvinte Desconhecida conta de quando um homem comissionou um desenho da Sailor Moon, só que com as personagens vestidas de empregada. Durante o projeto, o homem mandava mensagens diariamente, perguntando se a ilustração estava pronta, perguntando se estava frio onde ela morava e em uma delas, ele pede para ela escolher um casaco de pele, que ele daria um vale presente para que ela comprasse, pedindo apenas que Ouvinte Desconhecida, quando vestisse a roupa, fingisse que a alma dele estivesse no casaco. Ela corre com o projeto para cortar as conversas com ele e, depois de entregá-lo, ele tenta contatá-la por todas as redes sociais e mesmo por e-mail.
  2. Fato Consumado: Kryptônia fala da época, aos dezesseis anos, que trabalhava em um escritório de contabilidade, mais especificamente, no departamento pessoal. Tendo como cliente um dono de empresa sem muitos escrúpulos, que recebia processos trabalhistas recorrentemente, como quando teve a ideia de emprestar bicicletas aos empregados ao invés de pagar o vale-transporte, até a vez que ele, tentando fazer um oficial de justiça não confiscar seus bens, consegue mandar um gerente seu, que assumiu o papel de fiel depositário, para a prisão durante um dia inteiro. Este, pede demissão e dá um chapéu na empresa na hora de passar o acordo com seu ex-patrão, que tenta botar a culpa em Kryptônia.
  3. Sina: Tutancâmon conta das suas experiências trabalhando em uma loja de jogos de tabuleiro, como um cliente mais idoso que não conseguia achar a porta correta para entrar na loja; um cliente que não dizia que era impossível achar jogos para três pessoas, porque quase todos eram de duas a quatro; a venda de um jogo dificílimo de ser vendido e um cliente qualquer passa ao lado dizendo que o jogo é horrível, fazendo a pessoa perder o interesse na compra; uma família que não consegue aprender a jogar nenhum jogo novo, por mais simples que sejam; e um cliente que começou a discutir sobre jogos de azar e corrupção infantil, indo embora após dizer que a loja era elitista demais pois não haviam jogos clássicos como War.

Este Episódio Marca

N/a.

Onde Escutar

O Cliente Nunca Tem Razão