Escolas atrapalhadas e faculdades do barulho

De Gugawiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
S01E08
Gugacast-S01e08.jpg
Ficha Técnica
Data de Lançamento 02/11/2016
Duração 1:07:53
Editor Caio Corraini
Numeração Original S01E08
Temporada Season 1
Participantes Gustavo Mafra
Rafael Mafra
Adriano Brandão
Cronologia Gugacast
S01E07

Anterior

S01E09

Próximo

Nosso amigo Adriano Brandão, do podcast Pouco Pixel, veio nos contar algumas histórias divertidas da sua inútil faculdade de Jornalismo. Guga e Rafael contaram algumas das suas também e listaram como seriam os esteriótipos de filmes de comédia escolar se fossem no Brasil.

Tem cartas dos ouvintes contestando a análise de Carimbador Maluco e uma vilã de Novela das 8 querendo impedir a felicidade de um pobre rapaz chamado Arnaldo.

Este é o episódio que temos os estereótipos da escola brasileira.

Resumo do Episódio

Ato 1: Guga fala sobre os diferentes tipos de alunos das escolas brasileiras.
Ato 2: Faculdade de Jornalismo do Adriano Brandão, dos podcasts Pouco Pixel e Bola Presa.
Ato 3: E-mails dos ouvintes.

Bordões, Referências e Tropes

N/a.

Curiosidades

  • Guga, por boa parte da sua vida, foi “o pirralho”, depois sendo “o estranho” e virando “o metaleiro”.
  • Rafael era “o nerd”.
  • Guga se formou em Comunicação, cursando em três faculdades: CEUB, em Brasília; UNAERP, em Ribeirão Preto; e Anhembi Morumbi, em São Paulo.
  • Guga define o Gugacast como sendo um “audio reality comedy storytelling”.

Histórias Contadas

  1. Guga e o Mala na Faculdade: Guga, na Anhembi, tomou a frente e organizava o grupo para um trabalho da faculdade. Porém, um dos membros enrolava e acabou não enviando a sua parte. Gustavo não coloca o nome deste no trabalho entregue e os dois acabam brigando fisicamente.
  2. Adriano e o (Não)Professor: Adriano fala sobre a matéria de Teoria da Entrevista e da Reportagem, cujo professor não concordava com a existência da mesma, dando para a sala apenas a leitura de O Pêndulo de Foucault. Seis meses depois, os alunos recebem notas aleatórias.
  3. Adriano e Fadinha: Na matéria de Antropologia, Adriano tinha aula com uma professora peculiar, apelidada de “Fadinha”, que assumia que os alunos eram responsáveis e, portanto, não daria provas, trabalhos e não faria chamadas. Ninguém comparecia às aulas.
  4. Guga, ComEX e a Nota: Guga estudava Comércio Exterior em Brasília. Lá acabou perdendo a data de uma prova e perguntou ao professor se poderia fazê-la. Este meramente perguntado quanto Gustavo achava que iria tirar e negocia a nota rapidamente.
  5. Indigente Professor: A faculdade na qual Adriano estudava se encontrava ao lado de uma praça. Moradores de rua que habitavam lá, iam para a faculdade beber água ou ir ao banheiro. Um deles em especial estava sempre no andar da Comunicação. Adriano descobre que ele era o professor de Diagramação Eletrônica.
  6. Rafa e o Professor Mentiroso: Rafa estudava Relações Internacionais, em Brasília. Um professor novo assume a sala e após diversos problemas, arranja uma discussão com Rafael e a diretoria. No futuro, Rafael acaba vetando a contratação deste professor na empresa em que trabalhava.
  7. Guga Reprova por Faltas: Guga estava na matéria de Planejamento Gráfico II, porém ele já sabia tudo, uma vez que já trabalhava com isso. Também por conta disso, ele perdia várias aulas e acaba reprovando por falta e o professor reclama da sua atitude. Refazendo a matéria, Guga continua desafiando o professor.
  8. Revistas Piauí: Jennifer, de São Paulo, possui mais de 6 anos de revistas Piauí em casa e seu namorado, Diego, quer que ela se livre da coleção. Adriano e Gustavo falam para ela se livrar, porém Rafa defende a ouvinte.
  9. Arnaldo e a Colega que Coage: Arnaldo, de Brasília, fala que saía com uma colega de trabalho, nunca tendo acontecido nada, e eventualmente começou a sair com um outro colega. A moça ameaça contar para todos a situação e tenta coagir Arnaldo a ter algo com ela. Arnaldo pede ajuda para os meninos.

Este Episódio Marca

Primeira aparição dos estereótipos da escola brasileira.

Onde Escutar

Escolas atrapalhadas e faculdades do barulho