Dia Nacional da Aleatoriedade

De Gugawiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
S03E02
Gugacast-s03e02.jpg
Ficha Técnica
Data de Lançamento 20/02/2018
Duração 1:19:42
Editor Caio Corraini
Numeração Original S03E02
Temporada Season 3
Participantes Gustavo Mafra
Caio Corraini
Cronologia Gugacast
S03E01

Anterior

S03E03

Próximo

Nesse novo episódio dessa nossa terceira temporada, unimos diversas histórias aleatórias num pot-pourri em comemoração ao Dia Nacional da Aleatoriedade.

Resumo do Episódio

Ato 1: Jogo: Sete Cliques Para as Estrelas.
Ato 2: E-mails dos ouvintes.

Bordões, Referências e Tropes

Curiosidades

  • Guga tem dificuldade de decorar rostos.
  • Caio não consegue lembrar de nomes das pessoas.

Histórias Contadas

  1. Hyundai, Kia e Gafes: A Hyundai conta de quando conheceu Kia, com quem se deu bem, e sua irmã, Ssangyong, que era uma pessoa ruim. Na mesma cena, Samsung era amiga desta última e fazia cosplays sexys. Na festa de aniversário de Kia, uma menina vem falar com Hyundai e começa a fofocar sobre outras meninas. Esta acaba entrando na conversa e fofoca sobre Samsung, deixando todos presentes boquiabertos. Kia explica que a menina era a própria Samsung.
  2. O Assoprador Apaixonado: Aspirador fala da vez que viu Feiticeira na escola e se apaixonou. Ele ligava para a casa dela e ficava em silêncio, apenas respondendo por meio de sopros enquanto ela contava as coisas da sua vida. Dez anos depois, ele descobre que ela havia se mudado assim que casou. Ele segue sua vida, se casa duas vezes e se separa, tem um filho, e um dia um amigo envia para ele o e-mail dela, já separada. Combinam de se encontrar. Ficam juntos o verão inteiro e cada um segue seu rumo.
  3. Tiros no Forno: Lizzie, de Campo Mourão, conta de quando foi com a família, com carros, até a praia. No caminho se desencontram, mas chegam e procuram uma casa para alugar. Se hospedam em uma casa ao lado de um casal argentino e se divertem por dias. Uma noite, colocam pizzas para assar e vão assistir Globo Repórter. Barulhos de tiro começam na cozinha e o tio, que era delegado, se lembra que deixou carregadores de arma no forno, para que as crianças não os encontrassem. O dono da casa, preocupado aparece, e no final eles acabam perdendo as pizzas e o Globo Repórter.
  4. Batendo no Bully: Ouvinte Desconhecido fala de quando conheceu Arnaldo, um valentão, na escola. Este fazia bullying com Ouvinte. Um dia, juntam as suas duas salas para uma aula. Após o término desta, Arnaldo, saindo da sala, bate com um caderno na cabeça de Ouvinte. Este acaba revidando atacando com uma caneca na nuca. Separam a briga e vão à diretoria.
  5. Dona Pitty na Fono: Fifi conta de quando estudava fonoaudiologia na UFRGS com a professora Lulu. Esta, trabalhava na recuperação da Dona Pitty, que havia sofrido um derrame. Durante o tratamento, ela acaba sofrendo mais um. Agora ela só falava uma única frase: “Meu Deus do céu”. Lulu a ajuda mais e um dia, vendo Dona Pitty consternada por causa do marido, pergunta se estava tudo bem. Ela responde: “Puta que o pariu”. Acaba conseguindo falar vinte frases diferentes.

Este Episódio Marca

N/a.

Onde Escutar

Dia Nacional da Aleatoriedade